O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CORONAVÍRUS – COVID19

40


O mundo está em alerta com o avanço do novo coronavírus, que surgiu em dezembro de 2019 na cidade de Wuhan, na China. A doença que causa a atual epidemia foi batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como Covid-19.


Tosse seca, febre e cansaço são os principais sintomas, mas alguns pacientes podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia. Nos casos mais graves, que geralmente ocorrem em pessoas que já apresentam outras doenças associadas, há síndrome respiratória aguda e insuficiência renal.


Higienizar as mãos e superfícies, como móveis e corrimão, são as principais formas de se prevenir contra o novo coronavírus. Mesmo com as mãos limpas, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca. Além disso, é preciso limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.


O uso de máscaras é recomendado para quem teve contato com alguém com sintomas ou para quem for viajar para áreas de risco de contaminação. As máscaras descartáveis devem ser trocadas a cada 2h. O Ministério da Saúde alerta também para que não seja feito o compartilhamento de itens pessoais, como talheres e toalhas. Também é recomendável manter a uma distância mínima de 1m de pessoas que estejam espirrando ou tossindo.


Estudos avaliados pela OMS apontam que o vírus pode persistir nas superfícies por algumas horas ou, até mesmo, vários dias. Isto pode variar e depende das condições do local, do clima e da umidade do ambiente. Usando as gotículas como “transporte”, os vírus podem ficar em superfícies como maçanetas, transporte público, elevadores, computadores, celulares, entre outros. Por isso, lavar as mãos retira o vírus da superfície do corpo e evita que, ao se coçar, ele entre em mucosas – como olhos, boca e nariz –, o que causa a infecção. Segundo os infectologistas, é hora de rever alguns hábitos sociais, como cumprimentar com beijos no rosto ou com um aperto de mãos.


NEGOCIAÇÃO – O Comando Nacional dos Bancários encaminhou ofício à Fenaban, dia 12/3, solicitando informações sobre quais providências os bancos tomarão para prevenção ao novo coronavírus. Os bancários realizaram negociação com a Fenaban dia 16/3 (leia na página 3).


SITUAÇÃO NO ESTADO – No Ceará, mesmo antes dos primeiros casos confirmados de Covid-19, o avanço da pandemia em outros estados brasileiros já repercutia na rotina da população, quando o Ministério da Saúde recomendou a suspensão ou adiamento de eventos governamentais, artísticos, científicos ou comerciais com aglomeração de pessoas. Agora, com casos confirmados no Estado e com a doença se alastrando pelo País, é preciso cautela, muita informação (de fontes oficiais e seguras) e intensificar cuidados na prevenção.


O QUE É?

Coronavírus é o nome de uma grande família de vírus que tem uma estrutura em formato de coroa, conhecida desde 1960. Eles causam infecções respiratórias e já provocaram outras doenças, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers). A doença causada pelo novo coronavírus recebeu o nome de Covid-19. Ela foi descoberta no final de dezembro de 2019, na China. A primeira morte foi registrada em 9 de janeiro.


PRINCIPAIS MEDIDAS


PREVENTIVAS

• Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;

• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

• Não compartilhar objetos de uso pessoal;

• Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;

• Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;

• Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente.


COMO SE TRANSMITE

• Por vias respiratórias, pelo ar e por gotículas provenientes de espirros e da fala de indivíduos infectados;

• Por meio do contato de superfícies contaminadas, quando essas gotículas com o vírus ficam depositadas em locais como um corrimão ou uma maçaneta, e depois entram em contato com mucosas do olho, nariz e boca.


QUAL O TRATAMENTO

• Não existe tratamento específico. Os pacientes infectados recebem uma medicação para aliviar os sintomas.

• Segundo o Ministério da Saúde, o tratamento indicado é repouso e consumo de bastante água. As medidas adotadas para aliviar os sintomas são: Medicamentos para dor e febre (antitérmicos e analgésicos); umidificador no quarto ou banho quente para aliviar a dor de garanta e tosse. O isolamento também é orientado.


COMO PROCEDER SE ESTIVER COM SUSPEITA 

• Procure um médico se tiver sintomas como febre, dor, falta de ar, mal-estar ou se teve contato com pessoas que estiveram em locais de contaminação;


• Em caso de suspeita, pacientes podem ser atendidos nas seguintes unidades de saúde: Hospital São José; Hospital N.S. da Conceição; Hospital Infantil de Fortaleza; Hospitais Regionais no Interior, Gonzaguinhas e UPAs.


• Informações e dúvidas, App do governo federal (Coronavirus SUS), disponível para IOs e Android; Telesaúde Governo do Estado: 0800 275 1475 ou pelo site: www.saude.ce.gov.br/coronavirus-covid-19.