O Senado no Centro da Disputa Política

26

Os bancários cearenses deliberaram, nas instâncias democráticas do Sindicato, indicar o apoio ao projeto político representado por Lula, Cid e Inácio Arruda. Neste momento queremos realçar a importância da escolha do senador cearense que representará nosso Estado pelos próximos oito anos. Atualmente os outros dois – o sabemos – são Tasso Jereissati (notório opositor de Lula) e Patrícia Sabóia (PSB – base de apoio).

Estão colocados dois candidatos com perfis políticos e ideológicos muito claros. Um – o do PFL – assumidamente um candidato farsante, representante não assumido da direita e aliado histórico de Tasso, no plano local, e de FHC, no plano nacional. Seria preciso dizer mais? É sim. É preciso que se propague nos últimos dias a verdade em torno deste candidato anti-povo.

A família dele, sabe-se, mora no Rio Grande do Sul e ele mesmo só é encontrado com intensidade em nosso Estado nos períodos eleitorais – o que mostra que ele trata nossa gente sem nenhum respeito e age como se nossa terra fosse seu curral eleitoral. Ele promete, agora, resolver os problemas da Segurança Pública, mas foi um fracasso completo quanto era o responsável pela Segurança Pública e criou o SINDES (Sistema Integrado de Segurança Pública) – eliminando 144 (cento e quarenta e quatro) delegacias e deixando a população do interior quase totalmente desprovida de Polícia Civil. Ele gosta muito de participar de CPIs e de aparecer na mídia, mas é bom lembrar que ele nunca veio ao Ceará como membro de nenhuma dessas CPIs para investigar as organizações criminosas que aqui atuam – narcotráfico, lavagem de dólares, tráfico de mulheres e outros mais. Não apareceu na CPI do FINOR que flagrou alguns figurões cearenses…

Já com Inácio Arruda a história é outra. É autêntico homem da luta do povo. O DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) o coloca como parlamentar de atuação destacada sempre votando ao lado dos trabalhadores e do povo nordestino. E nós cearenses o conhecemos para além da atuação parlamentar. Forjado no movimento de bairros, amadurecido no parlamento, está mais do que pronto para honrar o Estado do Ceará com sua garra e seu brilho e, assim, fortalecer o projeto representado pelo Presidente Lula. Então, para a vitória ser completa, temos de eleger Lula, Cid e Inácio e, evidentemente, uma grande bancada de parlamentares de esquerda. Isto será bom para o movimento sindical, para os partidos populares, para o povo cearense e brasileiro.