Oitava edição do Botequim encerrou 2013 com programação especial

6


A oitava edição do Botequim dos Bancários aconteceu no último dia 6/12, com toda uma programação especial de fim de ano e decoração natalina. Como de costume, houve entrevista, música, dança e sorteios. O Botequim teve início com entrega de brindes surpresas, como amuletos para 2014.


Veja galeria de fotos: http://www.bancariosce.org.br/fotos_detalhes.php?cod_galeria=286


Na Conversa de Botequim, o jornalista Eliezer Rodrigues entrevistou o historiador cearense Nirez sobre o centenário do compositor Lauro Maia. Jornalista e pesquisador de música brasileira, Nirez (apelido de Miguel Ângelo de Azevedo) é detentor da maior discoteca particular do País.


O Talento Bancário foi José Evaristo de Freitas Filho, funcionário do Banco do Brasil da agência Montese.  Evaristo é cantor e compositor com três CDs gravados e premiações em festivais locais. Além de músicas autorais, seu repertório incluiu vários sucessos da MPB.


Para encerrar a noite, a banda Leite de Rosas & Os Alfazemas mexeu com o público presente ao interpretar grandes mitos da música popular, brega e romântica brasileira, como Nelson Ned, Odair José, Diana e Roberto Carlos. Formada por Adriano Uchôa (voz), Victor Tautau (guitarra), Marcelo Almeida (teclado), Alexandre Lima (baixo) e João Vital (bateria), a banda surgiu no final de 2010 e vem se destacando no cenário musical cearense. O estilo cafona da banda passa tanto pelo repertório como pelas vestimentas exageradas e coloridas.


A programação do Botequim contou ainda com a apresentação de Tangos e Boleros do Balé Arte Popular e com a participação especial do humorista Zebrinha.

 


Projeto do SEEB/CE trouxe opção de cultura e lazer aos bancários


Com objetivo de realizar um evento cultural sistemático para promover a integração e a maior participação dos associados nas atividades do Sindicato dos  Bancários do Ceará, nasceu o projeto cultural Botequim dos Bancários – uma opção de  cultura e lazer para a categoria bancária.  O foco principal sempre foi trazer o bancário para o ambiente do Sindicato, dando a oportunidade para que sejam revelados novos talentos dentro da categoria.


Em oito edições, a programação do Botequim sempre foi recheada de entrevistas, shows musicais, danças e outras intervenções de variadas linguagens artísticas, além de criar um espaço para apresentação dos talentos artísticos dos bancários. O projeto incluiu cenografia de um boteco criando com isso um ambiente de informalidade e interação entre os artistas, os convidados e o público.