Papai Noel dos Correios mobiliza sociedade para realizar o sonho de crianças carentes

40

Estimular a solidariedade para além dos limites da empresa e incentivar a prática da escrita são os objetivos do Projeto Papai Noel dos Correios deste ano. Criado há mais de 20 anos, a iniciativa já conta com a adesão de milhares de fortalezenses, sendo uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil. Distribuir presentes não é meta institucional da campanha, a principal preocupação é responder aos remetentes das cartinhas endereçadas ao Papai Noel e promover a mobilização dos Correios e da sociedade em torno dos sonhos das crianças brasileiras.


A disseminação, em todo País, de valores natalinos como amor ao próximo, solidariedade e felicidade é o principal benefício conquistado graças à vontade dos mais de 108 mil empregados e à solidariedade da sociedade brasileira.


Neste ano foram estabelecidas parcerias com escolas públicas, creches e/ou abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. Desta forma, a campanha alinha-se a um dos Objetivos do Milênio estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado “Educação básica de qualidade para todos”. A campanha terá por objetivo responder às cartinhas das crianças em situação de vulnerabilidade social que escrevem ao Papai Noel e também estimular a redação de cartas manuscritas, além do uso correto do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo postal.


Em 2010, a campanha ganhou mais um objetivo: contribuir para o incentivo à escrita por meio da redação de cartas. Sensibilizados com os pedidos contidos nas cartas selecionadas, os Correios convidam a sociedade para integrar essa mobilização nacional e rea-lizar sonhos.


RESULTADO DO PROJETO – A demanda pelo Papai Noel dos Correios vem crescendo anualmente. Em 2009 foi registrado o maior índice de crescimento no recebimento de cartas (89%), quase o dobro do número de 2008. Ano Passado, em todo o País, foram postadas quase 2 milhões de cartas ao Papai Noel. Desse total, por meio da campanha, foram entregues 413.602 presentes. Em 2009, em Fortaleza, foram enviadas 14 mil cartas, das quais 2.400 foram apadrinhadas. Segundo informações da Assessoria dos Correios, este ano de 2010, até a última semana de novembro foram enviadas 6.400 cartinhas e já tinham sido apadrinhadas 818.

PARCERIA – Neste ano, os Correios e a Secretaria Municipal de Educação firmaram uma parceria com objetivo de incentivar a escrita correta de cartas, vinculando o projeto aos objetivos do milênio da ONU. As escolas municipais realizaram oficinas de redação de cartas com os alunos. As cartas foram encaminhadas para os Correios que, depois de cadastradas, ficam disponibilizadas nas dez agências para que a população possa apadrinhar uma cartinha. Os Correios farão a entrega dos presentes entre os dias 12 a 21/12.