Passeio Cultural e Religioso na Sexta-feira Santa traz momentos de descontração e reflexão

16


O Sindicato dos Bancários do Ceará, através da sua Secretaria de Cultura, realizou no último dia 18/4 (Sexta-Feira Santa), a terceira edição do Passeio Cultural e Religioso. Dessa vez, mais de 200 bancários sindicalizados e seus acompanhantes tiveram duas opções de roteiro: Canoa Quebrada/Paixão de Cristo em Aracati e o já tradicional Guaramiranga/Paixão de Cristo em Pacatuba.


Em Guaramiranga, os bancários puderam visitar o centro histórico da cidade, além da opção de participar da programação do Parque das Trilhas. Quem optou pelo passeio no Centro, pode visitar às igrejas de Guaramiranga, o Convento dos Capuchinhos, além do próprio centro histórico da cidade, com inúmeras atrações gastronômicas e culturais. Ao chegar em Pacatuba, os participantes do passeio assistiram a emocionante e glamourosa encenação da Paixão de Cristo do município, que este ano comemorou a sua 40ª edição.


O funcionário do Banco do Brasil, Marcondes Lima, já conhecia Guaramiranga, mas dessa vez teve a oportunidade de levar sua esposa e filha, participando pela primeira vez do passeio promovido pelo Sindicato. “Realmente este evento foi muito bom. Eu já conhecia a cidade, pois estive aqui há uns sete anos atrás, mas vir com a família foi muito melhor”, disse.


Já em Canoa Quebrada, os bancários fizeram um passeio de buggie e ficaram numa barraca à beira mar onde realizaram várias brincadeiras, proporcionando a interação entre os participantes. À noite, assistiram à encenação da Paixão de Cristo no Centro Histórico de Aracati.


“Este é o terceiro ano que realizamos esse passeio em Guaramiranga/Pacatuba sempre com muito sucesso. Este é um momento de congraçamento entre os bancários e suas famílias e que mostra que o Sindicato não se restringe apenas à campanha salarial. Nós somos luta, mas somos lazer e cultura também”, avalia o diretor do Sindicato e coordenador do passeio em Guaramiranga, Aílson Duarte.


“Mais uma vez, o Sindicato dos Bancários do Ceará estabeleceu uma aproximação com a categoria, envolvendo os bancários e seus familiares numa atividade que trouxe descontração e reflexão, fugindo do dia-a-dia estressante dentro das agências. Nosso objetivo à frente da Secretaria de Cultura do SEEB/CE é esse, na perspectiva de aproximar o bancário do Sindicato, aproximar bancários de vários bancos. É importante a luta por melhores condições de trabalho, por melhores salários, mas o Sindicato também é um espaço de interação”, concluiu Tomaz de Aquino, diretor de Cultura do Sindicato dos Bancários do Ceará.