PED registra menor índice de desemprego em junho na RMF

24


A taxa de desemprego na Região Metropolitana de Fortaleza no mês de junho foi de 7,4% da População Economicamente Ativa (PEA) e é 0,1 ponto percentual menor que o índice de maio. Essa é a menor taxa de desemprego total do mês de junho da série histórica da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), desde 2009, divulgada dia 30/7, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará, pelo coordenador da PED no

DIEESE, Ediran Teixeira, com a participação do coordenador Regional do DIEESE, Ricardo de Paula, diretor do SEEB/CE.


Segundo a pesquisa, o contingente de desempregados foi de 136 mil trabalhadores, reduzindo em 11,7% comparando a junho de 2013, quando foram contabilizados 154 mil desempregados.  O nível ocupacional voltou a crescer em junho, registrando alta de 1,4% e 2,8% de crescimento comparando-se a junho do ano passado.


Segundo o coordenador da PED, Ediran Teixeira, no mês foram criados 24 mil novos postos de trabalho na Região Metropolitana de Fortaleza, número igual aos trabalhadores que ingressaram na Pesquisa, o que fez com que o número de desempregados não diminuisse, mantendo-se estável diante do mês de maio.


O setor público puxou o crescimento de 1,9% no número de assalariados, com acréscimo de 20 mil pessoas. Já no setor privado, o número de empregados com carteira assinada reduziu em -0,1% com a queda de mil vagas, enquanto os ocupados sem carteira assinada tiveram expansão de 2,2% com mais 4 mil postos. O contingente de autônomos permaneceu estável com alta de 0,2% e mais mil pessoas.