Pelo terceiro mês, Santander lidera ranking de queixas de clientes no BC

5


O Santander liderou em abril pelo terceiro mês o ranking de reclamações contra os bancos com mais de um milhão de clientes. Na lista aparecem, em seguida, Banco do Brasil, Itaú Unibanco, HSBC e Bradesco, segundo dados divulgados na quarta-feira (15/5) pelo Banco Central.


“Não surpreende que o Santander continue liderando o ranking das queixas dos clientes, na medida em que o banco segue demitindo e cortando postos de trabalho, conforme aponta o balanço do primeiro trimestre”, afirma o secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.


“Para sair dessa posição incômoda não adianta gastar milhões de reais em propaganda na TV nem patrocinar a Copa Libertadores e a Fórmula 1. O melhor caminho é negociar com o movimento sindical, que reivindica o fim das demissões e da rotatividade, mais contratações e melhoria das condições de trabalho com o fim das metas abusivas e do assédio moral. Isso certamente trará qualidade no atendimento aos clientes e reduzirá as reclamações no BC”, defende o dirigente sindical. “Queremos que o Santander respeite o Brasil e os brasileiros”, reitera.


Maior nível de reclamações contra bancos em abril – O número de reclamações contra bancos no BC subiu pelo quarto mês consecutivo e fechou abril 20,7% acima do número de março. Foram constatadas 2.843 queixas procedentes no mês passado, a maior quantidade de queixas absolutas em um único mês em quatro anos. As principais queixas referem-se a débitos não autorizados (498), seguidas por prestação de serviços de forma irregular em contas salário (360). Também foram computadas 328 reclamações por cobranças irregulares de serviços não contratados.


No mês passado, o Santander teve 758 reclamações procedentes. O BB, que aparece em segundo no ranking. Itaú Unibanco, HSBC e Bradesco completam o Top 5 das instituições que tiveram mais reclamações em abril.