Pesquisa confirma insalubridade para avaliadores de penhor

12


As condições de trabalho dos avaliadores de penhor da Caixa voltaram a ser debatidas no dia 4/10, na reunião da Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa), da Anacef e da representação do Instituto Síntese, que assessorou os sindicatos na realização da pesquisa sobre o ambiente de trabalho do segmento.


O estudo confirmou o que já vinha sendo denunciado por entidades sindicais de todo o país: os avaliadores de penhor atuam em ambiente insalubre.  A partir da investigação, conclui-se que as condições justificam a necessidade de classificação desses agravos, definição de uma política específica para o setor e o pagamento do adicional de insalubridade. A Caixa suspendeu em julho de 2016 o pagamento do adicional. Mas, a resistência dos trabalhadores aliada à negociação vem assegurando a manutenção do adicional.