Pesquisa do Idec mostra que serviços de bancos frustram clientes e usuários

13

O Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) divulgou pesquisa mostrando que a prestação de serviço do sistema financeiro nacional deixa muito a desejar. Os principais problemas detectados foram a falta de entrega de cópia de contrato de abertura de conta corrente e a tentativa de venda casada. O levantamento se refere ao período entre o início de maio e o início de agosto deste ano e abrange instituições com mais de um milhão de clientes no ranking do Banco Central, composto de empresas financeiras que mais recebem reclamações.


A pesquisa do Idec revela que, no caso do contrato de abertura de conta, a falha mais grave é a falta de entrega de uma cópia assinada pelo banco ao cliente. Essa exigência nem sempre vem sendo cumprida por todos os bancos. Outro problema diz respeito à venda casada, em que se condiciona a abertura de conta à aceitação de outros produtos bancários, que é proibida pelo Código de Defesa do Consumidor e está, na maioria das vezes, ligada ao cumprimento de metas.


A pesquisa do Idec foi realizada nos seguintes bancos: ABN Amro Real, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Santander Banespa e Unibanco.