Plenária aprova eixos e propostas para Campanha deste ano

23

Na mesa “Saúde e Condições de Trabalho” da 8ª Conferência Nacional, foram aprovadas as propostas a serem incluídas na pauta de reivindicações da Campanha Nacional: combate ao assédio moral; isonomia entre afastados por motivos de saúde e os trabalhadores da ativa; melhoraria da segurança bancária, prevenção e reabilitação ocupacional no trabalho”.

A mesa foi mediada pelo secretário de Saúde da Contraf-CUT, Plínio Pavão, ao lado de Jacir Zimmer, da Fetec-SC; Luciana Duarte, diretora de Assuntos Socioeconômicos da Contraf-CUT; João Analdo de Souza, da Seeb Ponta Porã, e Fabiano Paulo da Silva Júnior, presidente da Feeb dos Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.

Outras cinco propostas foram aprovadas: a criação de uma campanha nacional de denúncia pelo fim das metas abusivas, incluindo mobilizações; intensificação da campanha contra o assédio moral durante o período da Campanha Nacional, além de atos no Dia Nacional contra o Assédio Moral e no Dia Nacional da Luta pela Preservação da Vida. Foi aprovada ainda a elaboração de manifesto contra as altas programadas e a luta pela revogação do decreto sobre o tema.