Plenária debate unificação das tabelas do PCS

51

No dia 16/5, os bancários da Caixa Econômica Federal (CEF) se reunirão numa plenária nacional para discutir a proposta de unificação das tabelas do Plano de Cargos e Salários (PCS) apresentada pelo banco. A decisão foi tomada durante a reunião do Comando Nacional dos Bancários, ocorrida no último dia 15/4, na sede da Contraf-CUT.


O objetivo do encontro será formatar uma proposta para o PCS que seja considerada ideal pelos trabalhadores, com base no que já foi acordado durante a Campanha Nacional dos Bancários de 2007. Além disso, os dirigentes irão organizar as formas de mobilização que serão adotadas durante a negociação com o banco. “É importante que consigamos sair dessa plenária mais organizados e mobilizados para exigir da Caixa e do DEST uma proposta de PCS que contemple os trabalhadores”, defende Plínio Pavão, coordenador da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa da Contraf-CUT (CEE Caixa).


A Caixa apresentou uma proposta na última negociação, ocorrida no último dia 8/4, que será levada ao DEST (órgão do governo federal controlador das empresas estatais) para aprovação e depois será debatida pelos trabalhadores. A maioria dos parâmetros apresentados seguiam o acordado durante a Campanha 2007, mas ainda havia problemas. O banco tem um compro- misso de apresentar uma proposta completa até o final de abril. “Essa proposta vai depender muito da mobilização dos trabalhadores. Por isso essa plenária é muito importante. Temos algumas coisas que precisamos melhorar na proposta, como a obrigatoriedade de adesão ao novo plano da FUNCEF e só conseguiremos essas mudanças com muita luta”, disse Marcos Saraiva, presidente do SEEB/CE, que esteve presente na reunião.