Polícia Federal marca 88ª reunião da CCASP para dia 14/12

40

A Polícia Federal marcou para o dia 14/12 (terça-feira), às 9 horas, a 88ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos da Segurança Privada (CCASP), em Brasília. Estarão em julgamento novos processos movidos contra bancos e empresas de vigilância e transporte de valores e centros de formação de vigilantes, em razão do descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e das normas de segurança.


Essa será a quarta e última reunião em 2010. Nas três anteriores, os bancos foram multados em R$ 6,880 milhões. Dentre as principais irregularidades, destacam-se o funcionamento das agências com plano de segurança vencido, número insuficiente de vigilantes, utilização irregular de bancários para fazer transporte de valores e alarme inoperante. Em 2009, os bancos foram multados em R$ 15,540 milhões.


“Essas multas revelam a falta de responsabilidade social dos bancos, pois, apesar de seus lucros bilionários, investem pouco na melhoria das condições de segurança dos estabelecimentos, descumprindo leis de segurança e não priorizando investimentos para eliminar riscos e prevenir assaltos”, afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT.


A CCASP é um fórum tripartite e conta com representantes do governo, entidades patronais e dos bancários e vigilantes. As reuniões ocorrem, em média, a cada três meses, onde são julgados os processos abertos pela fiscalização das delegacias estaduais da Polícia Federal.

COLETIVO NACIONAL DE SEGURANÇA BANCÁRIA – Na véspera da 88ª reunião da CCASP, a Contraf-CUT reúne os representantes das federações que integram o Coletivo Nacional de Segurança Bancária. O encontro ocorre no dia 13/12 (segunda-feira), às 15 horas, no Sindicato dos Bancários de Brasília. “Vamos analisar os processos que estarão em julgamento e discutir outros assuntos envolvendo a melhoria da segurança e a proteção da vida de trabalhadores e clientes nos bancos”, destaca Ademir Wiederkehr, secretário de imprensa da Contraf-CUT e coordenador do Coletivo Nacional.