Posse de representantes eleitos na Funcef celebra conquistas e fortalece movimento dos associados

17

A cerimônia de posse dos diretores e conselheiros eleitos da Funcef, realizada no 1º/6, em Brasília (DF), deu-se em clima de celebração de conquistas e de afirmação da luta em defesa da fundação e de mais e melhores benefícios para os associados. Foram empossados na Diretoria Executiva Antônio Bráulio de Carvalho, José Carlos Alonso e Renata Marotta. Antônio Bráulio foi reeleito para segundo mandato. Alonso é ex-presidente da Fenae e já foi também conselheiro deliberativo eleito da Funcef, entre 2002 e 2006. Agora, retorna à fundação com sua experiência e combatividade, para oferecer novas e valorosas contribuições como diretor eleito.

Renata Marota era conselheira fiscal eleita e, agora, se tornou a primeira diretora executiva eleita da fundação. Outro marca na trajetória de Marotta como empregada da Caixa foi ter sido também a primeira mulher a assumir o cargo de gerente geral na empresa, fato destacado durante a cerimônia de posse pela presidenta em exercício da Caixa, Clarice Coppetti. Renata é aposentada e tem longo currículo de contribuição ao movimento associativo dos empregados e aposentados da Caixa.


Os conselheiros deliberativos que tomaram posse foram José Miguel Correia (reeleito como membro titular), Olívio Gomes Vieira (titular), Gilmar Cabral Aguirre (suplente) e Manuel Alfredo Filho (suplente). Olívio Gomes e Manuel Alfredo são lideranças do movimento associativo dos aposentados, o primeiro no Rio de Janeiro e o segundo na Bahia. Como conselheiros fiscais foram empossados Carlos Alberto Leite (titular) e José Francisco Zimmermann (suplente). Ambos são gestores da Caixa. Carlos Alberto Leite é o presidente da Federação Nacional das Associações de Gestores da Caixa (Fenag).


A vice-presidenta da Fenae, Fabiana Matheus, continua em seu mandato de conselheira deliberativa da fundação por mais dois anos, uma vez que foi eleita em 2008. Antoci Neto de Almeida, também eleito em 2008 para a suplência do Conselho Fiscal, assume no lugar de Renata Marota.


Compuseram a mesa de posse Carlos Eduardo Gabas, ministro da Previdência Social, o deputado federal Ricardo Berzoini; Clarice Coppetti, presidenta da Caixa em exercício; Guilherme Lacerda, presidente da Funcef; Pedro Eugenio Leite, presidente da Fenae; Décio Carvalho, presidente da Fenacef; Marcos Vasconcelos, presidente do Conselho Deliberativo da Funcef; e Emanuel Souza de Jesus, presidente do Conselho Fiscal.


A consolidação da gestão compartilhada foi destacada nas intervenções de praticamente todos os oradores, entre eles o presidente da Fenae, Pedro Eugenio Leite, como uma das principais realizações do movimento dos empregados e aposentados da Caixa no âmbito da Funcef. “Conquistamos a democratização da gestão e isso foi determinante nas transformações que realizamos na Funcef, mas temos que manter a nossa luta e seguir avançado, o nosso fundo de pensão tem que ser cada vez mais transparente para nós associados”, frisou Pedro Eugênio. O presidente da Fenae dirigiu-se aos diretores e conselheiros que encerram seus mandados com um “muito obrigado por tudo que fizeram em defesa da Funcef e dos associados”. E disse mais: “estou orgulhoso de ter ajudado a elegê-los como nossos representantes”.


Mas, lembrando que “nem tudo são flores”, Pedro Eugênio falou também dos desafios colocados para o movimento dos empregados e aposentados, entre eles a reparação da injustiça às mulheres pré-78 e a garantia de direito aos participantes da Prevhab de virem para a Funcef. Aos diretores e conselheiros que assumiram os seus mandatos, a mensagem foi de total confiança no aprofundamento das transformações, com novas realizações e conquistas para os associados: “quero voltar aqui para dizer também a vocês que tive orgulho de elegê-los”.