Prazo para adesão ao plano CV I de previdência termina dia 24/7

68

Os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) têm até o dia 24/7 para aderir ao Plano CV I e garantir a contratação do tempo de serviço passado. Uma das principais vantagens será assegurar uma cobertura previdenciária com data retroativa a janeiro de 2000, proporcionando ao funcionário uma recuperação de até 10 anos de contribuição ao plano de previdência complementar, com a devida contrapartida do BNB (patrocinador). Até o momento foram realizadas 651 adesões.


Os funcionários que aderirem ao Plano CV I dentro do prazo poderão escolher posteriormente a forma de pagamento do tempo de serviço passado, optando pela quitação à vista ou em pacotes fixos de meses. Os funcionários também poderão utilizar os recursos financeiros portados de outros planos, tais como Nordeste Invest para o pagamento do tempo de serviço passado. É importante que os funcionários que estarão em gozo de férias no mês de julho fiquem atentos aos prazos de inscrição, sob pena de perder essa vantagem.


Após o dia 24/7, os novos funcionários e descapefados ainda poderão aderir ao Plano CV I, porém sem a possibilidade de contratação do tempo passado, diferencial de grande impacto na renda previdenciária futura.


Para os funcionários Participantes do Plano BD, entretanto, o prazo de adesão ao novo plano encerra-se no dia 24/7 para aqueles que, na data de vigência do Plano CV I, tenham encerrado as suas contribuições; ou no prazo de 120 dias da data de encerramento de suas contribuições para o Plano BD.


O novo plano de benefícios foi aprovado em março último pela Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar – antiga SPC) e foi formatado com a participação das entidades. A Capef administrava, até então, apenas um plano de Benefício Definido (BD) com cerca de 6.000 participantes, que se encontra fechado ao ingresso de novos participantes desde 1999.


De acordo com o diretor de Previdência da Capef, Rômulo Amaro, serão beneficiados com o novo plano de previdência cerca de 3.288 funcionários que ingressaram no Banco a partir de 2000, além de 370 “descapefados”. Outros 2.300 funcionários, hoje no Plano BD, poderão participar do Plano CV ao concluírem as 360 contribuições no atual Plano e continuarem trabalhando.


“Essa foi uma vitória histórica para o funcionalismo do BNB. A Comissão Nacional sempre esteve à frente dessa luta, pressionando em cada reunião da mesa permanente, cobrando respostas sobre o plano, reunindo-se com parlamentares em Brasília para agilizar a tramitação nas diversas instâncias, enfim, fazendo de tudo para agilizar a aprovação e fazer mais essa justiça aos funcionários do BNB. Agora, é necessário ficar atento ao prazo de adesão para não perder certas vantagens que o plano oferece”, afirmou o coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, Tomaz de Aquino.


Com o objetivo de facilitar o entendimento das vantagens do Plano CV I, foi elaborado pela Capef em parceria com a ASCOM do BNB um site com perfis de participantes (novos funcionários, descapefados e participantes do plano BD), apresentando todas as características e principais benefícios do novo plano para cada público. Os funcionários terão acesso ao hotsite na intranet do banco a partir de 1º/7.


PLANO BD – Em reunião realizada em 27/4, o Conselho Deliberativo da Capef decidiu que, a partir do mês de maio de 2010, os Participantes do Plano BD poderão antecipar o encerramento das contribuições ao Plano de Benefício Definido e aderir ao Plano de Contribuição Variável (CV I). Ao optar pelo encerramento das contribuições do Plano BD e adesão ao Plano CV I, o participante garante duas rendas previdenciárias adicionais ao Regime de Previdência Social. Além disso, o participante passará a contribuir com base no salário atual, ao contrário do que acontece no plano BD, cuja contribuição incide sobre o salário vigente em 1997. A nova versão do simulador do Plano CV I com a possibilidade do participante escolher a data de encerramento das suas contribuições ao Plano BD já está disponível no site (www.capef.com.br/planocv). A manifestação dessa escolha poderá ser efetuada simultaneamente à inscrição ao novo plano.


AFASTADOS – Aos funcionários afastados por licença de interesse particular ou de mandato eletivo também é facultada a possibilidade de adesão ao plano na condição de autopatrocinado. Estes funcionários deverão recolher mensalmente, além da sua contribuição, aquela devida pelo participante, até o momento em que retorne as suas atividades laborais no BNB.

Principais vantagens do novo Plano de Contribuição Variável


1) Melhoria da renda previdenciária, em adição ao benefício do Plano BD e ao do INSS;


2) O patrocinador arca com metade da contribuição que garantirá seus benefícios futuros;


3) Possibilidade de aquisição de tempo passado para os atuais participantes do Plano BD, com participação paritária do patrocinador;


4) As contribuições efetuadas ao plano são dedutíveis do Imposto de Renda de Pessoa Física até o limite de 12% do rendimento bruto anual do participante;


5) Possibilidade de redução do IR incidente sobre o valor do benefício, pela utilização da Tabela Regressiva.