Prazo para oposição ao desconto assistencial vai até o próximo dia 28/5

23

Em Assembléia Geral Extraordinária realizada no dia 28/10 do ano passado, a categoria deliberou, por unanimidade, a aprovação do desconto assistencial para todos os bancários da base do SEEB/CE, no valor de 2% do salário bruto, para sócios e não sócios, na folha de pagamento de instituições financeiras públicas e privadas, sendo 1% descontado na primeira folha de pagamento após a assinatura do acordo e 1% no mês imediatamente subseqüente ao primeiro desconto. No caso dos funcionários do Banco do Nordeste, 1% em junho e 1% em julho. Nos demais bancos, cujos acordos já foram firmados, o desconto já aconteceu. O valor cobrado anualmente é utilizado para custear as despesas de infra-estrutura da entidade durante a campanha salarial.


A contribuição espontânea dos trabalhadores, por meio das mensalidades e do desconto assistencial, ajuda na infra-estrutura da entidade, principalmente em gastos com a campanha salarial. A greve de 2008, que durou 17 dias e contou com a ativa participação dos funcionários do BNB, seria inviabilizada sem itens essenciais, como carros de som, cartazes, faixas e organização de assembléias, além de material informativo para a categoria em greve e para a sociedade. Somente com a campanha salarial 2008, o Sindicato teve gastos da ordem de R$ 787.184,25, envolvendo aluguel de carros de som, conduções, publicações, refeições, encontros, congressos, cursos, serviços de terceiros e horas extras e encargos trabalhistas.


A contribuição é espontânea e fortalece a entidade que representa a categoria, que é atuante e organizada na luta por melhores condições de trabalho, melhores salários e mais empregos. É importante lembrar que, a partir da mobilização massiva dos funcionários do BNB na última greve, foram arrancadas conquistas como a revisão do PCR, a proposta de um novo plano de funções e comissões, piso para o funcionalismo de R$ 1.350,00 – maior que os dos outros bancos federais, PLR que chegou ao patamar de até 2,5 salários brutos e reajuste salarial de 10% com ganho real de 2,85% no ano.

OPOSIÇÃO – Os sindicalizados e não sindicalizados poderão opor-se ao desconto assistencial no prazo de 10 dias corridos, contados a partir da publicação da Tribuna Bancária (18/5), mediante requerimento individual, entregue pela manhã, na Tesouraria do Sindicato dos Bancários (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), de segunda a sexta-feira, no horário das 9h às 15h.