Presidenta Dilma assume compromisso de fortalecer bancos públicos

6


Em resposta aos documentos entregues pelas entidades representativas dos bancários, a presidenta Dilma Rousseff enviou carta aberta à Contraf no dia 23/10, endereçada aos bancários dos bancos públicos, na qual assume o compromisso de fortalecer as instituições financeiras federais, “que são indispensáveis para a economia brasileira e um patrimônio da sociedade”.


Os documentos dos bancários em defesa da manutenção e fortalecimento dos bancos públicos diziam no texto “Mais Caixa para o Brasil” e “Por um Banco do Brasil mais forte e que valorize mais seus funcionários”.


Na carta aberta, a presidenta Dilma manifesta “satisfação por termos cumprido, desde o primeiro dia de governo do Presidente Lula e em todo meu governo, nosso compromisso com o fortalecimento dos bancos públicos, cujo primeiro e fundamental passo foi a valorização dos bancários. Recuperamos a capacidade do Banco do Brasil, da Caixa, do BNDES, do BNB e do BASA de atuar em favor do Brasil”.


“É esse o modelo que defendemos, ao contrário do modelo tucano que relegou os bancos públicos a meros coadjuvantes do sistema financeiro privado, deixando a atividade produtiva à mercê de extorsivas taxas de juros. Sabemos onde vai dar esse caminho equivocado: demissão, arrocho e, por fim, privatização, como ocorreu com os bancos estaduais no passado. Tenho confiança de que estamos no caminho certo em nosso compromisso com o fortalecimento dos bancos públicos, que são indispensáveis para a economia brasileira e um patrimônio da sociedade”, disse a Presidenta.