Pressão faz banco negociar RR

63

Depois da pressão promovida pelos bancários do Unibanco por causa das mudanças na Remuneração por Resultados (RR), a empresa concordou em abrir um processo de negociação com o movimento sindical.

Na reunião realizada no dia 1º/2, o banco aceitou discutir e construir um programa de remuneração junto com os representantes dos empregados. A primeira rodada de negociações efetivas ficou marcada para o dia 6/2, em São Paulo.

A reivindicação dos bancários em negociar a RR foi atendida depois de três reuniões com o Unibanco nas últimas semanas. No início do mês, o banco anunciou alterações na RR de forma unilateral e desagradou aos bancários.

De lá para cá, a Contraf-CUT e os sindicatos vêm insistindo na abertura das negociações, atendida no dia 1º/2. A RR atinge hoje 12.963 funcionários que trabalham nas agências.