Primeira negociação vem após pressão

58

Depois da pressão dos bancários, o Banco Brasil finalmente agendou a primeira rodada de negociações das cláusulas específicas dos funcionários. A reunião será no próximo dia 18/9, em São Paulo. Para que a data fosse marcada, os bancários precisaram pressionar a direção do BB, único banco federal que ainda não estava discutindo os temas específicos. Com o início das negociações, os bancários do BB devem aumentar sua participação nas atividades propostas pelo Sindicato.


A Contraf-CUT também quer agendar as próximas rodadas de negociação com o Banco do Brasil. Para isso, já definiu até os temas que constarão no segundo bloco: Planos de Cargos e Salários e de Cargos Comissionados (PCS/PCC), recomposição do poder de compra dos salários e o vale-transporte.


“Temos que esquentar a mobilização, porque já vimos que esta Campanha só avança com muita luta. As negociações na Fenaban já estão adiantadas, que é onde as questões gerais da categoria estão sendo debatidas, e as discussões com o BB só estão começando. Portanto, é hora de colocarmos pressão para avançarmos em nossas conquistas”, afirma o Marcel.