Procuradoria Regional do Trabalho vai fiscalizar Edifício Sede da Caixa

23

Em resposta às denúncias de péssimas condições de trabalho feitas pelo Sindicato dos Bancários do Ceará, a Procuradoria Regional do Trabalho da 7ª Região decidiu na última sexta-feira, 11/5, inspecionar as instalações do prédio do Edifício Sede da Caixa Econômica Federal (Rua Sena Madureira – Centro) e conferir pessoalmente as condições ambientais de trabalho no local. A data da inspeção ficou marcada para 18/5 (sexta-feira), às 12h, com a presença ainda da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/CE) e do Corpo de Bombeiros. O Sindicato se comprometeu a indicar um técnico de segurança no trabalho para acompanhar a diligência. A Comissão Interna de Prevenção de Acidente (CIPA) também se fará presente.


No último dia 11/4, o Sindicato dos Bancários do Ceará enviou ofício ao Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitando audiência de mediação com a Caixa após ver frustradas uma série de negociações e intervenções procurando sanar os problemas de condições de trabalho, em especial no Edifício Sede. Os problemas estruturais no local põem em risco, inclusive, a vida de trabalhadores e usuários, pois são constantes os defeitos nos elevadores. Além disso, frequentemente, o Sindicato vem recebendo denúncias de falta de água e de climatização no prédio tornando as condições de trabalho insuportáveis.


“O papel do Sindicato é sempre defender os trabalhadores e uma das questões prioritárias num ambiente de trabalho é a segurança e condições de trabalho favoráveis. Os empregados da Caixa, principalmente no Edifício Sede, vez por outra, vem atravessando situações drásticas como falta de climatização e o básico de água nos banheiros para atender as suas necessidades. Nós iremos sempre fiscalizar e exigir condições de trabalho dignas para os empregados da Caixa”, conclui Marcos Saraiva, diretor do Sindicato.