Profissionais do Ceará aprovam proposta de PCS

28

Os empregados da carreira profissional da Caixa (RH 060) da base do Sindicato dos Bancários do Ceará decidiram, em assembleia realizada no dia 25/6, às 17 horas, na sede da entidade, pela aprovação da última proposta apresentada pela empresa. Em assembleia anterior, realizada no dia 17/6, os profissionais já haviam colocado fim a uma greve de 51 dias, mas sob protesto.


Na composição da mesa da assembleia, sob a coordenação do presidente do SEEB/CE, Marcos Saraiva e secretariada pelo diretor Ricardo de Paula, estiverem presentes pela Associação Nacional dos Engenheiros e Arquitetos da Caixa (ANEAC), Robério Silveira e pela Associação dos Advogados da Caixa (ADVOCEF), Adonias Melo.


Foi aprovada a proposta feita pela Caixa, que prevê que a mudança para o novo PCS seja feita em duas etapas. A primeira, retroativa a 1º de abril, com salário inicial de R$ 6.199,00 e final de R$ 8.704,00. A segunda etapa seria a partir de 2010, com piso de R$ 6.600,00 e teto de R$ 9.116,00 pelo valor nominal, ou seja, compensados eventuais reajustes aplicados na data base dos bancários.


Para o empregado da Caixa e presidente do SEEB/CE, Marcos Saraiva, o desfecho do movimento deixou claro a importância da participação do Sindicato na condução da greve. “O importante é que, apesar de não termos conquistado tudo o que queríamos, a unidade e a força do movimento foi fundamental para avançarmos em relação as propostas apresentadas pela Caixa”, ressaltou Marcos Saraiva.