Quadrilha com fuzis ataca agência do BB de Monsenhor Tabosa

16

A agência do Banco do Brasil da cidade de Monsenhor Tabosa (320Km de Fortaleza) foi assaltada por cinco homens armados com fuzis, escopetas e pistolas. Os assaltantes levaram todo o dinheiro que havia nos caixas e as armas de dois vigilantes, além de fazer um dos funcionários de refém.


Os assaltantes chegaram ao banco atirando por volta de 11h30, horário em que a agência costuma estar lotada. A todo instante, eles gritavam que eram do PCC, uma organização criminosa paulista, enquanto ameaçavam clientes e funcionários. Um caixa foi levado como refém durante a fuga dos assaltantes, mas o funcionário foi liberado logo em seguida.


Os dois vigilantes da agência foram os primeiros a ser rendidos pelos assaltantes em seguida, parte da quadrilha entrou na tesouraria da agência, enquanto outra ficou do lado de fora com cerca de 20 reféns.


Assaltos às agências do Banco do Brasil no interior do Estado têm se tornado constantes e o Sindicato dos Bancários do Ceará vem cobrando sucessivamente o aumento da segurança nesses locais. Somente em 2009, nove agências do BB no interior já foram assaltadas.


“A única saída para acabar com os constantes assaltos é aumentar o efetivo de policiais, pois as viaturas são velhas e não existem um contingente satisfatório para garantir segurança e a população tem que cobrar isto dos seus governantes. Se faz necessário a efetivação de mais policiais e uma melhor estrutura de trabalho para eles, só assim vai ser possível reduzir o índice de criminalidade nas agências do interior”, afirmou o diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Bosco Mota.