Reféns usados como escudo humano em mais um assalto a banco no Interior

13

No último dia 7/2, em mais uma ação cinematográfica, assaltantes sitiaram a cidade de Madalena (186 Km de Fortaleza), roubaram carros, fizeram reféns como escudo humano, atacaram o prédio da Polícia e destruíram a agência do Banco do Brasil do município. Com esta ação, já são dez contabilizadas em 2012.


A quadrilha, cerca de 18 homens fortemente armados, utilizou explosivos para destruir caixas eletrônicos e o cofre da agência. O ataque ao BB, porém, foi precedido de outra ação delituosa, quando os ladrões montaram uma falsa blitz na BR-020 e fizeram cinco reféns, pessoas que transitavam em seus veículos pela rodovia federal. Entre os reféns, segundo a Polícia, estava um vereador de Paracuru (a 100Km da Capital). De posse dos carros roubados e dos reféns, os assaltantes seguiram para Madalena, onde uma parte da quadrilha passou a atirar em direção ao prédio do destacamento da PM. Na hora, havia quatro policiais e, ainda, um agente prisional. Os cinco foram também dominados. A outra parte da quadrilha seguiu até a agência e colocou os artefatos nos caixas.

Carro forte – Na segunda-feira, 6/2, uma tentativa de assalto a um carro forte em Fortaleza terminou em tiroteio, morte e prisão. Uma quadrilha composta por, pelo menos, quatro homens, tentou roubar os malotes que eram recolhidos por vigilantes da empresa de segurança privada Corpvs em uma filial da rede de farmácias Pague Menos, na esquina da Avenida Augusto dos Anjos, no Bairro João XXIII. Os criminosos estavam armados com pistolas e chegaram a render o segurança da farmácia, de quem roubaram um revólver de calibre 38. Na sequência, trocaram tiros com os vigilantes do carro-forte que chegavam para recolher o dinheiro. Ao perceber que o plano de ataque ao blindado fora frustrado, diante da reação dos vigilantes, os bandidos fugiram do local em um carro roubado. Na fuga, os criminosos se depararam com uma patrulha do grupo Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). No embate, dois assaltantes morreram e outros dois foram presos depois de baleados.