Reforma do Estatuto democratiza gestão da FUNCEF

67

O grupo de trabalho que revisa o estatuto da Funcef esteve reunido em Brasília, nos dias 11 e 12/4 e concluiu a redação de uma nova proposta para o regulamento, que agora passará por uma revisão gramatical.

Um dos objetivos da reunião era buscar um estatuto ajustado com a atual legislação, transparente, democrático e que garantisse a eficiência da gestão dos recursos, para dar tranqüilidade ao associado.

O novo estatuto deverá entrar na pauta da próxima reunião do Conselho Deliberativo da Funcef, que deve acontecer em maio, para aprovação pelos conselheiros. Depois disso, segue para a Caixa (patrocinadora) e para a Secretaria de Previdência Complementar (SPC).

Com a aprovação do novo estatuto, a paridade na gestão prossegue em vigor na escolha dos conselheiros da Funcef, estendendo-se agora também à Diretoria Executiva, o que passa a valer, inclusive, no processo eleitoral em curso.

O encontro anterior do GT ocorreu em março, ocasião em que ficou definido que a Funcef passará a ter quatro comitês: benefício, ética, auditoria e investimentos. Estes órgãos vão ter representação paritária entre a patrocinadora e os participantes, ficando assegurada ainda a participação de um membro da fundação.