Resultados dos bancos sobem cada vez mais

20

Sob qualquer aspecto, os bancos continuam dando sinais de que podem atender às reivindicações dos bancários e valorizar a categoria na Campanha Nacional Unificada 2010.


A história de sempre se repete: segundo pesquisa divulgada na semana passada por uma revista de economia, os quatro principais bancos brasileiros estão entre as sete maiores empresas brasileiras de capital aberto por valor de mercado. Itaú Unibanco (3º lugar, valendo US$ 88 bilhões), Bradesco (4º lugar, valendo US$ 60 bilhões), Santander (6º lugar, valendo US$ 53 bilhões) e Banco do Brasil (7º lugar, valendo US$ 44 bilhões) se destacam também pelo crescimento do valor de mercado entre 2008 e 2009: entre 53% e 94%.


A revista destaca ainda que os 50 maiores bancos que operam no Brasil fecharam 2009 com um patrimônio líquido de US$ 143 bilhões, atingindo no período um lucro de US$ 24 bilhões. Desse total, quase US$ 20 bilhões ficaram nas mãos dos cinco grandes: Itaú Unibanco, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa Federal.


“Esses resultados brilhantes só reforçam o estímulo à mobilização dos bancários para ir à luta por melhores conquistas nesta campanha”, afirmou o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra. Ele completa: “o momento é de mobilização. A chegada da data-base, em 1º/ de setembro, é a nossa deixa para que os trabalhadores de bancos públicos e privados se unam pela conquista de objetivos que são de todos e que vão além das questões financeiras, uma vez que passam por melhorar as condições de trabalho resolvendo um dos principais problemas apontados pela categoria, que é o assédio moral e a pressão por metas abusivas”, diz.