Reunião da CGROS avalia campanha nacional e debate projetos para 2011

16

A Comissão de Gênero, Raça e Orientação Sexual (CGROS) da Contraf-CUT se reuniu no último dia 2/12, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo, para avaliar a Campanha Nacional dos Bancários 2010 e debater a retomada da mesa temática de Igualdade de Oportunidades, entre outros temas. Os dirigentes discutiram o papel da CGROS na atual conjuntura política e sindical e algumas iniciativas consideradas prioritárias para 2011.


O primeiro ponto lembrado foi a conclusão do Caderno Contraf-CUT sobre o tema Igualdade de Oportunidades. O conteúdo da publicação foi discutido pelos participantes, que fizeram sugestões. A intenção é finalizar o caderno até o início de 2011.


Os membros da CGROS também discutiram proposta de parceria com o Instituto Observatório Social para avaliar o impacto do plano de diversidade dos bancos nos locais de trabalho. O objetivo seria verificar se está havendo aumento da participação da população negra nos locais de trabalho.


Outra proposta debatida foi a realização de um diagnóstico sobre o perfil das diretorias dos sindicatos de bancários em todo o País. “As mulheres são metade da categoria, porém não sabemos quantas são e onde estão nos sindicatos. Daí a necessidade de um levantamento nacional”, afirma Deise Recoaro, secretária de Políticas Sociais da Contraf-CUT. A proposta é envolver as federações para aplicação de um questionário junto aos sindicatos através das representações da CGROS.Deise considerou a reunião produtiva e comemorou a participação das federações. “É muito mais produtivo pensar junto. As federações têm dado grandes contribuições por meio de seus representantes”, afirma.