REUNIÃO DEBATE NOVO MODELO DE ATENDIMENTO E SUSPENSÃO DA CCV

31


A Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil reuniu-se, dia 6/2, com a direção do banco numa Mesa de Negociação Permanente.


Sobre o modelo de atendimento, os representantes do Banco do Brasil informaram que não há previsão sobre mudança no nível das agências. Está em estudos um modelo que contemple os diversos tipos de agências e escritórios, mas não há previsão de conclusão dos estudos.


Os Sindicatos questionaram o BB sobre uma nova onda de descomissionamentos e muito foi cobrado sobre os critérios, principalmente sobre o Gestão de Desempenho por Competências (GDP). A Comissão de Empresa organizará atividades nacionais para denunciar a falta de critérios e perseguição promovida por alguns administradores.


Os representantes dos funcionários levaram ao banco as diversas reclamações sobre o programa de metas Conexão, em que os parâmetros usados estão sendo alterados de forma que a maioria das carteiras não conseguirá atingir as suas metas. Ficou definido que haverá nova reunião com o BB em data a ser agendada, para tratar especificamente de GDP e CONEXÃO (programa de metas).


CCV – O banco apresentou em algumas sessões de CCV termos de quitação com mais de 5 anos, sem alterar o valor dos acordos. O banco se desculpou sobre a falta de comunicação prévia e apresentou uma proposta de solução que precisa ser analisada pelos sindicatos, pois envolvem aspectos ainda não muito claros. As negociações sobre o retorno da CCV vão continuar nos próximos dias.