Reunião define calendário e aponta para ganho real

77

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) deu início a Campanha Salarial Nacional dos Bancários nos dias 20 e 21/6, em São Paulo.

Em dois dias, os representantes da categoria debateram sobre temas ligados à organização do Ramo Financeiro e definiram a data e o formato da 8ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro. Por consenso, os dirigentes sindicais aprovaram que o evento começará no dia 27 de julho e se estenderá até o dia 30. Antes disso serão realizadas as conferências regionais e estaduais, que devem ser promovidas até o dia 23 de julho.

A reunião teve a presença de representantes do Dieese para uma explanação sobre a conjuntura econômica e a situação setorial. Segundo os economistas, o ambiente hoje é favorável para o crescimento do País e os bancos estão aptos a cumprir o seu papel no desenvolvimento nacional. Conforme projeções apresentadas, os lucros dos bancos continuarão crescendo e batendo recordes, em razão do descasamento entre as taxas de captação e aplicação dos recursos, o famigerado spread bancário, e a arrecadação cada vez maior com as tarifas por prestação de serviços.

A apresentação revelou também que, embora a fatia destinada pelos bancos às operações de crédito tenha crescido, o financiamento é voltado principalmente para o consumo e não para a produção como deveria ser. A notícia boa dada pelos técnicos do Dieese é que, depois de uma década trágica para os trabalhadores dos bancos como foram os anos 90, o nível de emprego na categoria se mantém estável, embora a rotatividade continue alta.

Além da manutenção dos postos de trabalho, outro fator pode contribuir para ampliar as conquistas nesta Campanha Nacional é que 80% dos acordos e convenções coletivas assinadas no primeiro trimestre de 2006 trouxeram aumento real para os trabalhadores, com reajustes acima do INPC.

Ainda durante a reunião, os representantes dos trabalhadores aprovaram a realização de uma pesquisa para que a categoria expresse as suas expectativas para esta Campanha Nacional. A consulta será disponibilizada pela Contraf-CUT e os dados coletados vão dar subsídios para a condução da Campanha.