Reunião entre Contraf-CUT e BNB abordará reestruturação dia 1º/2

27


Como resultado das mobilizações que culminaram com o Dia Nacional de Luta no BNB, a Contraf-CUT e a direção do Banco do Nordeste do Brasil marcaram reunião para o dia 1º de fevereiro, em Fortaleza. O encontro será na sede Administrativa no Passaré, às 14 horas, com a participação dos membros da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB e de representantes do Comando Nacional dos Bancários.


Em conversa informal realizada dia 20/1, em São Paulo, o BNB se comprometeu a dar maiores detalhes sobre a reestruturação que está anunciando, cujos resultados podem afetar conquistas e direitos dos funcionários, assim como vem ocorrendo nas reformas já em curso no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.


Os dirigentes sindicais e da Contraf-CUT querem conhecer detalhadamente como a direção do Banco pretende realocar os funcionários atingidos pelo fechamento de 19 agências e adiantam que vão lutar contra transferências e descomissionamentos.


“Não podemos aceitar a reedição de medidas adotadas na década de 90, quando famílias foram separadas por transferências arbitrárias e centenas de pais e mães de família foram demitidos sem direito a qualquer incentivo pecuniário. Esse receituário neoliberal tucano que o ilegítimo governo Temer quer aprofundar pôs e porá em risco a existência do BNB, principal instrumento de fomento do desenvolvimento regional”
Tomaz de Aquino, diretor do SEEB/CE e coord. da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB