SEEB-CE cobra de Dilma afastamento de toda a diretoria do BNB e propõe amplo debate na região para indicar sucessores

8

O Sindicato dos Bancários do Ceará encaminhou ofício à Secretaria Geral da Presidência da República solicitando o imediato afastamento de toda a Diretoria do BNB colocada sob suspeição a partir das denúncias de corrupção divulgadas pela imprensa nacional, que já dão conta do desvio de mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos.


O ofício foi endereçado à Presidente Dilma Rousseff com cópias para a Ministra da Casa Civil, Gleisi Helena Hoffmann, e o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao qual o BNB é subordinado (leia íntegra no fac-símile publicado ao lado). No requerimento, o SEEB/CE afirma considerar insuficiente o afastamento apenas do Chefe de Gabinete do Banco e de Gerentes de Agências, pois considera que a origem das fraudes está na Diretoria da Instituição.


Para o Sindicato dos Bancários do Ceará, o afastamento de todos os atuais diretores do Banco, inclusive o Presidente, denunciado por irregularidades praticadas no âmbito do Governo do Estado do Ceará, não pode demorar, sob pena de desgastar ainda mais a imagem do BNB e do próprio Governo.


O Sindicato sente que este é o sentimento de todo o corpo funcional da Instituição que não aceita conviver com a corrupção, pois pauta a sua conduta profissional pela ética, honestidade e competência. A entidade sindical lembra ainda que o BNB precisa voltar a ser um Banco administrado sob a égide de um amplo arco de forças políticas da região Nordeste. O BNB não pode ser um Banco manipulado por um ou dois caciques políticos de um só Estado, sob pena de se fragilizar e não encontrar apoio para sua manutenção e fortalecimento, notadamente em períodos críticos como o que atravessa atualmente.