SEEB/CE em reunião com Superintendências defende direitos dos empregados

6


O Sindicato dos Bancários do Ceará cobrou das duas superintendências da Caixa Econômica Federal – SR Fortaleza e SR Norte e Sul – o retorno urgente de novas contratações no Estado. A postura da entidade ficou claro durante reunião no último dia 12/2. Além disso, o SEEB/CE pediu esclarecimentos sobre vários rumores que têm preocupado os empregados. Nas reuniões, as duas Superintendências negaram que esteja havendo processo de fechamento de unidades, feito pela presidência da Caixa.


Sobre a adequação de pessoal feita nas unidades, questionada pelo Sindicato, afirmam que é voluntária, visando o atendimento de algumas agências que estão deficitárias de pessoal, por conta de transferências de empregados, transferidos por questões de ascensão profissional.


O Sindicato levantou a questão relativa à reestruturação nas áreas meio, que é uma preocupação dos empregados. Os dois superintendentes, efetivamente, disseram não ter ainda nenhum tipo de informação. O Sindicato, no entanto, garante estar atento a todas as questões colocadas na Caixa, que possam vir a causar qualquer tipo de constrangimento ou ilegalidade para os empregados.


Participaram das reuniões pelo Sindicato, os diretores Marcos Saraiva, Rochael Almeida, Túlio Menezes e Áureo Júnior, também presidente da Apcef/CE, e pela Caixa, os superintendentes Regino Pinho (SR Norte e Sul) e Paulo Leonel (SR Fortaleza).


“O Sindicato continua intransigente na defesa da Caixa 100% pública, repudia o Projeto de Lei 555 e cobra mais contratação de empregados para melhorar as condições de trabalho nas unidades e melhor atender a população. E a Caixa tem condições para isso, inclusive, porque está dando lucros e necessita prestar um bom atendimento”
Marcos Saraiva, diretor do Sindicato e membro da CEE/Caixa