SEEB/CE orienta prejudicados com a reestruturação a reagir ingressando com ação na Justiça

16


O Sindicato dos Bancários do Ceará continua orientando os funcionários do BNB prejudicados com a reestruturação posta em prática pela Direção do Banco a ingressarem com ações na justiça trabalhista para garantir a incorporação de funções comissionadas exercidas ininterruptamente por dez anos ou mais.


A orientação serve também para assegurar a lotação do trabalhador transferido arbitrariamente por conta da reestruturação, principalmente quando a transferência atingir aqueles com muitos anos de lotação na mesma cidade, por caracterizar desestruturação sócio-econômica e familiar.


Para ingressar com a ação judicial contra a perda ou rebaixamento de função e a transferência basta encaminhar os documentos necessários (veja a lista a seguir) ao departamento jurídico do Sindicato dos Bancários do Ceará para ter garantida assessoria totalmente gratuita.


O SEEB/CE reitera sua discordância quanto à forma como está sendo implementada a reestruturação no BNB. Entende que não está havendo transparência nem democracia no processo, implantado à revelia do Sindicato por uma Direção alvo de denúncias e sem legitimidade. A Direção do Banco, segundo o SEEB/CE, é a única responsável pelos processos organizacionais que estariam emperrando o desempenho do Banco.


Quem criou a superestrutura existente hoje na Direção Geral do BNB foram os dirigentes maiores da Instituição. E o fizeram para atender interesses de poder dentro da Empresa. Agora querem passar a fatura para o corpo funcional, conclui o Sindicato.


Documentos: Para ingressar com a ação, o departamento jurídico do SEEB/CE solicita o envio da documentação abaixo:

1. Procuração Ad Judicia

2. Declaração de Pobreza

3. Termo de Ciência

4. Histórico de Função

5. RG (cópia)

6. CPF (cópia)


Os documentos 1, 2 e 3 estão disponíveis no site www.bancariosce.org.br, armazenados no atalho “Documentos”, constante no cache “Jurídico”.