SEEB/CE quer continuidade do processo para garantir direito dos impugnados

13

A razão porque as ações de ATS e Folgas ainda não foram encaminhadas à Justiça para homologação reside na busca de entendimento entre as partes para conciliar posição sobre os colegas que tiveram seus direitos impugnados pelo Banco nos dois processos.


Enquanto o SEEB/CE reivindica que não haja impugnação, o Banco insiste em relacionar quantitativo de colegas que, na sua compreensão, não têm o direito às ações assegurado. Para não prejudicar o acordo já aprovado em benefício de mais de mil colegas, o SEEB/CE quer, pelo menos, assegurar a continuidade do processo de forma a deixar para a Justiça a decisão final das impugnações ou não.


Com o objetivo de construir conjuntamente uma redação de acordo que contemple esse objetivo, o SEEB/CE, na pessoa do diretor Tomaz de Aquino, esteve reunido na última segunda-feira, dia 19/7, com a Superintendente de Desenvolvimento Humano, Eliane Brasil, e assessores jurídicos de ambas as partes. Até o fechamento desta edição ainda não havia o resultado da reunião.