Sem quórum, votação da Cassi vai para o segundo turno

50

Apesar do grande comparecimento e da resposta favorável da imensa maioria, novamente faltaram votos para que as mudanças no estatuto da Cassi fossem aprovadas, na votação que terminou na sexta-feira, dia 27/7. Embora mais de 76% tenha dito sim ao novo estatuto, o quórum não foi atingido e haverá segundo turno entre os dias 6 e 17 de agosto.


Ao todo, 89.133 associados participaram da consulta, sendo que 67.800 (76,06%) aprovaram as alterações negociadas entre os representantes dos bancários e do Banco do Brasil. Votaram contra as mudanças 16.140 pessoas, ou 18,10%. Ainda houve 2.444 votos em branco (2,74%) e 2.749 nulos (3,08%).


“Infelizmente a história se repetiu e faltaram poucos votos para a aprovação do novo estatuto. Apesar de a grande maioria concordar com as mudanças que resolvem os problemas econômicos da nossa caixa de assistência e atendem a grande parte das nossas reivindicações. Os sindicatos devem intensificar os debates com o funcionalismo e mobilizá-los para que desta vez seja atingido o quórum. As mudanças negociadas são fundamentais para o futuro da Cassi e não podemos perder esta chance de fazer as alterações pelas quais que sempre lutamos”, finaliza Marcel Barros.