Semana Internacional de Lutas abrange bancários da América Latina

18

Com o intuito de combater os ataques dos bancos, defender os empregos e garantir melhores condições de trabalho foi realizada a 4ª Reunião Conjunta das Redes Sindicais de Bancos Internacionais na sede da Contraf/CUT, dia 21/11. Na ocasião, ficou acordado o lançamento de uma campanha conjunta em toda a América.


A Semana Internacional de Lutas reserva ações dirigidas a um banco específico a cada dia. A Contraf/CUT orientou os sindicatos a realizarem manifestações em todos os estados do País. A jornada tem início no dia 8/12, quando estarão em luta os bancários do Banco do Brasil. No dia 9/12 será o dia dos funcionários do Itaú e Unibanco. Já no dia 10/12, é a vez dos bancários do HSBC enquanto que no dia 12/12, os funcionários do Santander/ABN se engajarão na luta.


De acordo com o diretor do Sindicato dos Bancários, Ribamar Pacheco, representante da FETEC/NE na COE Itaú, “esta semana de luta será um momento onde os bancários, em nível nacional e internacional, mostrarão que os bancários estão vigilantes e dispostos a lutar pela preservação de seus empregos e manutenção de seus direitos”, afirmou.


Outra semana de lutas será realizada no final de janeiro, em conjunto com a UNI-Finanças Mundial, o sindicato global a que a Contraf/CUT é filiada.