Seminário revela discurso longe da prática

54

Durante os dias 20 e 21/6 foi realizado, em São Paulo, o 2º Seminário Nacional sobre Diversidade nos Bancos. O evento, promovido pela Contraf-CUT em parceria com a Fetec CUT/SP e o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, reuniu representantes dos bancos e trabalhadores para buscar formas de superação das desigualdades dentro das instituições.


Bancos como Banco do Brasil, Caixa, Itaú e Real ABN fizeram as apresentações dos seus programas de diversidade.


“O contato entre trabalhadores e representantes foi muito bom, por mostrar aos responsáveis pelos programas sociais dos bancos que, muitas vezes, o discurso está muito longe da prática”, destaca Arlene Montanari, secretária de Políticas Sociais da Contraf-CUT.

Mapa da Diversidade – Durante o evento, ocorreu a Rodada Especial de debates, com a presença da Fenaban e do Ministério do Trabalho e Emprego. Os trabalhadores foram representados por Arlene Montanari. Segundo ela, foram compiladas cerca de 14 propostas. Entre elas, Arlene considera “prioritária” a de agendar uma rodada de negociação da mesa temática de diversidade para solicitar dos bancos as informações sobre a pesquisa do Mapa da Diversidade, que começará a ser realizada em julho. “É importante tomarmos conhecimento do conteúdo da pesquisa para que possamos orientar os dirigentes sindicais a acompanhar de perto a sua aplicação, garantindo que os dados sejam fiéis à realidade dos bancários”, defende Arlene. “Assim, o mapa poderá se tornar uma ferramenta importantíssima para que possamos cobrar dos bancos prazos e metas para eliminar essas desigualdades”, sustenta.