SETEMBRO AMARELO – POR QUE É IMPORTANTE CUIDAR DA SUA SAÚDE MENTAL?

42


Setembro amarelo é conhecido mundialmente como o mês de prevenção ao suicídio. Essa campanha foi criada no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida, em 2015. A cor amarela representa a valorização da vida. Portanto, mesmo que o assunto deva ser discutido durante todo o ano, é em setembro que o tema é reforçado e trabalhado por diversas instituições.


No Brasil, o suicídio ocupa o 4º lugar no ranking de causas de mortes mais comuns entre os jovens. Além disso, a cada 40 segundos uma pessoa se mata em algum lugar do mundo. Por fim, segundo a OMS, o suicídio é a segunda causa mais comum de morte em pessoas com idade de 15 a 29 anos. Só no Brasil, 32 pessoas morrem por dia tirando a própria vida.


Infelizmente, o assunto aqui ainda é tratado como um tabu. Aliás, muitos são os que evitam falar sobre o tema com medo de instigar a ideia nos outros. Contudo, um diálogo sobre o suicídio é necessário.


SAÚDE MENTAL – Entretanto, o Setembro Amarelo não se refere, exclusivamente, à prevenção do suicídio. É um mês também para abordar a importância de uma boa saúde mental. O auxílio psicológico poderia ser o suficiente para evitar 90% dos casos de suicídio, segundo estudos. A maioria desses casos acaba sendo causado em decorrência de doenças mentais que não são tratadas. Entretanto, não são tratadas porque as pessoas nem sequer sabem que precisam de ajuda. A proposta é trabalhar com o diálogo no intuito de prevenir essas mortes precoces. Surpreendentemente, 60% das pessoas que suicidaram não chegaram a procurar ajuda.


TRABALHO PODE AFETAR A SAÚDE MENTAL – A categoria bancária é uma das que mais convive com pressão por metas, assédio moral e stress no ambiente de trabalho. Como consequência, esses trabalhadores têm engrossado os índices de problemas de saúde mental no país, inclusive, os problemas de ordem psicológica têm superado os de doenças por esforços repetitivos como principal motivo de afastamento de bancários do trabalho.


Durante essa pandemia, o bancário tem estado, desde o início, na linha de frente no atendimento aos clientes, usuários e população em geral. Além de atender, tem de cumprir metas, atender em tempo controlado, fazer a sua parte burocrática e prestar contas da sua produção no final do dia. Como se não bastasse, ainda tem de se preocupar em não ser contaminado para não levar risco para a sua família. Nessa situação, o bancário fica totalmente abalado do ponto de vista psicológico.


Em função desse momento crítico pelo qual passa a categoria bancária, o Sindicato dos Bancários do Ceará está trazendo de volta, de maneira reformulada, o Plantão Psicológico. O serviço funciona por agendamento pelo número 85 99155 2428. O atendimento psicológico é gratuito e se dá de forma virtual pela dra. Margareth Oliveira.


LIVE – Na quarta-feira, dia 9/9, a partir das 19h30, o Sindicato realiza a live “Como anda a sua saúde mental?”, em alusão ao Setembro Amarelo. O encontro vai ter a participação do presidente do Sindicato, José Eduardo Marinho, do secretário de Saúde da entidade, Eugênio Silva e da professora e pesquisadora de Psicologia da UFC, Marselle Fernandes. Acompanhe nas nossas redes sociais: Bancários CE (Youtube) e @bancariosce (facebook).