Sindicato agiliza desistência da ação da licença-prêmio para viabilizar acordo

22

O Sindicato dos Bancários do Ceará já deu entrada na Justiça com pedido de desistência da ação que requer o restabelecimento do benefício da licença-prêmio para os funcionários da ativa do Banco do Nordeste do Brasil, que estavam no Banco até 6 de janeiro de 1997.


Essa desistência se dá em função do recente acordo aprovado pelos funcionários do BNB em assembleia que garantiu a indenização de 55% dos valores devidos na licença-prêmio nos últimos cinco anos, e o crédito de 10% desses dias do período de utilização.


Com a desistência da ação, o passo seguinte será a assinatura de termo individual de adesão a ser disponibilizada brevemente na Intranet do Banco para cada beneficiário.


O Sindicato informa que o beneficiário que não quiser fazer o acordo terá assegurado o reingresso na Justiça para dar continuidade ao processo de resgate da licença-prêmio.

ISONOMIA – Após a reconquista desse direito da licença-prêmio, o Sindicato tem como principal objetivo a criação da licença-prêmio para os funcionários novos, admitidos a partir de 2000, assegurando dessa forma, tratamento isonômico ao corpo funcional da Instituição.