Sindicato ajuíza sete ações em benefício de funcionários do BNB

12


O Sindicato dos Bancários do Ceará ajuizou sete ações trabalhistas em favor de funcionários do BNB. Os processos buscam garantir o cumprimento de intervalos entre jornadas de trabalho e o pagamento da 7ª e 8ª horas a comissionados que exercem funções de Gerente de Suporte a Negócios, Gerente de Negócios, Agente de Desenvolvimento, Gerente Executivo e Gerente Executivo de Negócios e Serviços.


As ações tramitam em diversas varas da Justiça do Trabalho, em Fortaleza, sendo que cinco delas aguardam a marcação de primeira audiência. Duas outras já estão com audiências marcadas. A ação cuja tese versa sobre a obrigação de o BNB pagar a 7ª e 8ª horas dos Gerentes de Suporte a Negócios tem audiência confirmada para o dia 20/7, às 8h20, na 16ª Vara da Justiça do Trabalho de Fortaleza. A ação de 7ª e 8ª horas de Gerente de Negócios ocorrerá dia 27/7, às 8h10, na 13ª Vara da Justiça do Trabalho de Fortaleza.


“Os processos trabalhistas em andamento buscam corrigir distorções que prejudicam os funcionários pecuniariamente e também com relação às condições de trabalho. Visam também garantir aos beneficiários direitos hoje ignorados pela direção do Banco”

Tomaz de Aquino, diretor do SEEB/CE e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB)