SINDICATO COBRA E BNB INCLUI NA CIN-PESSOAL PRORROGAÇÃO DE EXPEDIENTE PARA QUEM TEM MAIS DE 60 ANOS

14


A diretoria administrativa do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) comunicou à Coordenação da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB) que incluiu formalmente na CIN-Pessoal a prorrogação de expediente por funcionários que têm mais de 60 anos de idade.


Na prática, essa medida já vinha sendo adotada, com algumas restrições localizadas, desde a assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho com o BNB em 2018, com base em carta do Banco apresentada em assembleia que aprovou em acordo cuja validade vai até 31 de agosto de 2020.


A inclusão do assunto na CIN contribui para a segurança dos gestores responsáveis pela autorização das prorrogações de jornada de trabalho, pois alguns não conheciam a proposta de Acordo aprovada e

continuavam baseando-se na norma antiga.


“Agora, não existe mais nenhuma razão para que seja negada a prorrogação para quem atingiu o status de idoso”, explica Tomaz de Aquino, coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB e diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, acrescentando que qualquer atitude que vise cercear esse direito deve ser imediatamente denunciado como ato discriminatório.


“A normatização da prorrogação de expediente para funcionários com idade superior a 60 anos corrige uma distorção, agora de forma definitiva e sem direito a interpretações e subterfúgios. Essa é mais uma iniciativa que resulta de um processo de negociação entre as entidades sindicais e a direção do BNB em benefício dos funcionários”
Tomaz de Aquino, coordenador da CNFBNB e diretor do SEEB/CE