Sindicato conclama funcionários à mobilização contra redução da PLR

26

O Sindicato dos Bancários do Ceará solicitou ao DIEESE/CE uma análise do balanço do BNB e constatou queda de 16,2% no total a ser distribuído a título de PLR no exercício de 2011, em relação a 2010. A redução ocorreu devido ao elevado crescimento das provisões para créditos de liquidação duvidosa que, no exercício passado, aumentaram em 124% no curto prazo.


Os resultados revelam que a diretoria do Banco não vem administrando a Instituição a contento e reforçam os rumores de constantes intervenções da Controladoria Geral da União (CGU), Banco Central e Tribunal de Contas da União (TCU) na gestão da empresa. Denúncias sobre o uso indevido de recursos públicos pela direção do BNB, acatadas pelo Ministério Público, parecem estar se confirmando.


O SEEB/CE está encaminhando à Contraf-CUT/Comissão Nacional dos Funcionários do BNB todas as informações sobre o insignificante lucro do Banco, que motivaria, além do não pagamento da segunda parcela da PLR aos funcionários, a devolução de parte do que já foi recebido pelos trabalhadores.


Com isso, o Sindicato quer que as entidades articulem grande movimento de âmbito nacional para denunciar os desmandos do BNB. O SEEB/CE não aceita que os funcionários paguem a conta de gestões ineficientes e conclama todos a se engajarem em ampla mobilização para garantir o seu direito à PLR integral, assim como assegurado aos bancários de todos os demais bancos.