Sindicato debate proposta de Plano de Cargos e Salários

84

O Sindicato dos Bancários do Ceará realizará, dia 15/2 às 19h, uma reunião com os funcionários do Banco do Brasil, em sua sede, para discutir o Plano de Cargos e Salários (PCS). As deliberações sobre o assunto serão enviadas para a Comissão de Empresa que se reunirá, dia 22/2 às 15h, com a direção do banco.

Na última negociação, os representantes da empresa apresentaram uma proposta de PCS que não altera os interstícios (o percentual de 3% de promoção automática a cada três anos) e não propõe qualquer recuperação no salário de ingresso. Também não apresentou nenhuma proposta para a alteração do atual plano de cargos comissionados.

Na reunião, os sindicalistas defenderam a melhoria do salário inicial e o dos interstícios, que até 1997 eram de 12% a 16% a cada três anos. O banco apresentou a proposta de criar um Plano de Cargos e Remuneração (PCR) que substituiria o atual PCS e combina promoção automática por tempo de trabalho ou antiguidade (A) com adicionais de remuneração por mérito (M).

Para fomentar o debate dos empregados do BB no Ceará, o Sindicato vem entregando nas agências, o modelo da proposta de PCS. A Comissão de Empresa avalia que ainda há muitos pontos a serem debatidos e alterados nesta proposta para atender as reivindicações do funcionalismo.