Sindicato denuncia gerente por indicação arbitrária

29

O Sindicato dos Bancários do Ceará realizou manifestação de protesto na agência Edson Queiroz, da Caixa Econômica Federal, na última quarta-feira, dia 15/3, onde levou esclarecimento à população e aos empregados sobre a posição autoritária do gerente daquela unidade, Francisco Freire Castelo Branco, que nomeou um funcionário para a função de Caixa/PV, não seguindo a ordem da lista dos habilitados. O funcionário habilitado ao cargo em comissão de Caixa/PV seria Francisco Jacinto Lima de Sena.

O Sindicato cumpre seu papel de defesa do trabalhador bancário, que teve seu direito usurpado por uma atitude arbitrária de um gerente.

Na manifestação, os diretores do Sindicato dos Bancários protestaram contra a forma arbitrária de indicação, utilizando o critério pessoal de QI (Quem Indica). Denunciaram a gravidade do ato e pediram o afastamento do gerente. Está sendo solicitado o imediato afastamento do gerente pelo descumprimento do que preceitua a CI SUPES/SUARE 003/06, da Criação do Cargo em Comissão de Caixa de Ponto de Venda, no seu tópico 6.5.1 do Banco de Habilitados, porque descumpriu a seqüência da lista de nomeação normatizada pela Direção da Caixa.

Segundo o presidente do Sindicato, Marcos Saraiva – “A medida, além de arbitrária, é uma injustiça ao direito do trabalhador e contraria as normas da Caixa. Queremos que esse tipo de atitude não se prolifere em outras unidades. Por isso enviamos ofício à direção da Caixa pedindo auditoria nos atos do gerente e o seu imediato afastamento das funções gerenciais”.