Sindicato denuncia: ?Indecente é o Lucro dos Banqueiros?

34

Numa atividade para dialogar com a sociedade, o Sindicato dos Bancários do Ceará realizou na sexta-feira, dia 7/10, um ato de protesto e denunciou a indecência dos bancos, que exploram os trabalhadores e os clientes. Com manifestantes usando pouca roupa, o protesto mostrou que “Indecente é o lucro dos banqueiros (R$ 27 bilhões)”.


O ato simbólico contou com figurantes mulheres e rapaz seminus e percorreu as ruas do Centro de Fortaleza, fazendo o percurso da Agência do Banco do Brasil Praça do Carmo, passando pelo Bradesco dos Peixinhos, fazendo parada na Caixa Econômica Federal da Praça do Ferreira, seguindo até a Agência Centro dos Correios. Os bancários deram apoio aos trabalhadores do Correios também em greve.


A manifestação teve o tema “Indecente é o lucro dos banqueiros”. Segundo denunciou Carlos Eduardo Bezerra, presidente do SEEB/CE, a greve está se estendendo por culpa única e exclusiva dos banqueiros e do governo Dilma, que não apresentam proposta decente, por isso, utilizam a greve como último recurso para se defender.


Segundo Marcos Saraiva, diretor do Sindicato, “indecente, imoral não é estar nu na rua, indecente, imoral é o lucro dos bancos. O que os banqueiros e o Governo fazem com os bancários, sim, é imoral, é indecente. Queremos retomada das negociações e proposta decente”.


“Estamos ficando despidos dos nossos direitos, dos nossos salários, enquanto os banqueiros lucraram mais de R$ 27 bilhões”, completou Telmo Nunes, diretor do SEEB/CE.


“Indecente é o Sistema Financeiro que explora bancários e é o setor que mais lucra neste País” disse Ailson Duarte, diretor do Sindicato, lembrando que a intenção da manifestação é reforçar a mobilização dos bancários, durante o décimo primeiro dia de greve nacional da categoria.