Sindicato exige a efetivação dos temporários

86

Contratação já. Foi com esse mote que o Sindicato dos Bancários do Ceará deu o tom do seu protesto no último dia 25/1, no Santander/Banespa, em Fortaleza. A manifestação aconteceu para denunciar as contratações de trabalhadores temporários, feitas irregularmente pelo banco. O Santander/Banespa começou no final de 2005 um programa chamado Santander Verão, contratando funcionários temporários, sem vínculo empregatício para fazer trabalho de bancário. E pior, a falta do vínculo não dá oportunidade para a qualificação desses trabalhadores que não recebem remuneração compatível com a atividade, aviltando a categoria. O Sindicato dos Bancários do Ceará entrou com ação na Procuradoria Geral da República pedindo a efetivação dos temporários, no Ceará.

Os diretores do Sindicato denunciaram a exploração dos temporários, exigindo sua contratação imediatamente. Na oportunidade, ressaltaram a importância do trabalhador bancário para o banco, como seu trabalho tem contribuído para o lucro do sistema bancário como um todo. Lembraram na luta para reverter às demissões previstas pelo Santander, no ano passado em todo o País. “Agora queremos mais contratações. Exigimos contratação já”, disse o diretor do Sindicato, Ailson Duarte.

Denunciaram, ainda, que a contratação de temporários é uma forma de burlar a lei e precarizar o serviço do trabalhador bancário. Ressaltaram também é preciso investir mais em contrações efetivas para por fim às filas, pois os banqueiros têm altos lucros e a população tem péssimo atendimento, inclusive, com exploração dos bancários.