Sindicato exige abastecimento de água mineral para os funcionários do BB

35

O Sindicato dos Bancários do Ceará cobra da Superintendência do Ceará (SUPER/CE) e da Direção de Logística (DILOG) do Banco do Brasil, o abastecimento de água potável para as agências do Banco na Capital e no Interior. O problema persiste há cerca de um ano e ainda continua sem solução.


Os funcionários das agências do BB estão bebendo água do próprio abastecimento das cidades, que requerem análise para ser consumida.


“Algumas unidades fizeram análise da água para saber as condições da água e os resultados deram positivos, mas os testes devem ser feitos mensalmente. O custo da análise é mais caro do que se fossem comprados garrafões de água”, denunciou o diretor do SEEB/CE. Bosco Mota. Ele adverte, ainda, que as agências que estiverem com problemas dessa natureza devem denunciar ao Sindicato, para que as providências sejam agilizadas. Alguns casos já foram solucionados, pela intervenção dos diretores do SEEB/CE junto à direção do Banco.