Sindicato exige apuração da situação do ?Fantasma Alan?

36

O Sindicato dos Bancários do Ceará, desde o início deste ano, apresentou denúncia, inclusive entregando ao Comitê de Ética, um documento onde exige apuração imediata da situação do ex-superintende Alan Pires, que não comparece ao trabalho.


O mesmo é conhecido hoje como “fantasma da Caixa”, no Ceará.


A Caixa recentemente, no início de abril, enviou um auditor para fazer avaliação preliminar da apuração e foi constatado que realmente existem irregularidades. Mas até o presente momento não iniciou os trabalhos de apuração propriamente dita.


Estamos cobrando celeridade no processo da apuração, inclusive o destacamento do sr. Alan Pires na agência Oliveira Paiva, onde o mesmo não comparece ao trabalho e está destacado por determinação da Superintendência, que está corroborando com a irregularidade


Atribuímos a responsabilidade à Superintendência que detêm o conhecimento da burla feita pelo empregado e como também do gerente geral da agência Oliveira Paiva, que acoberta a irregularidade do empregado Alan Pires. Ele não trabalha, não comparece a agência sob a ótica de que está fazendo prospecção de negócios. O mesmo está isento de bater o ponto e não está fazendo o cumprimento de seu exercício de trabalho junto a Caixa.