Sindicato faz pagamento de mais um lote da ação contra o Bradesco beneficiando ex-becistas

13


Na quarta-feira, dia 23/9, o Sindicato dos Bancários do Ceará fez a entrega dos cheques com os valores liberados através de alvarás, do segundo lote da ação contra o Bradesco, cujos beneficiários são ex-funcionários do BEC. O Sindicato fez um café da manhã, ocasião em que deu esclarecimentos sobre os trâmites de ação, sobre as deduções legais e repassou os cheques aos 20 beneficiários.  Essa ação tem valor global de R$ 1 milhão e mais da metade está sendo liberado agora. Aguarda-se a liberação de outros lotes em breve.


Os cheques com os valores incontroversos foram entregues aos ex-becistas pelos diretores do Sindicato, Robério Ximenes e Rita Ferreira, e pelo assessor jurídico Anatole Nogueira. Na ocasião foi lembrado que estão sendo liberados os lotes paulatinamente. Como a Justiça entrou em greve, houve demora na liberação dos valores. O primeiro lote da ação foi pago em junho deste ano.


Mais de 1.200 empregados são beneficiários dessa ação, que foi repartida em 58 execuções separadas por lotes de, em média, 20 bancários cada um. Esses são valores incontroversos liberados, que representam os valores que não estão sendo discutido judicialmente. No entanto, os valores totais da ação continuam sendo postulados e prossegue seu curso na Justiça. O Sindicato ajuizou essa ação em 1998, pedindo o pagamento de dois reajustes salariais que o Banco do Estado do Ceará (BEC), não realizou na época, nas Convenções Coletivas de 1996/97 e 1997/98.


“Essa é uma vitória dos trabalhadores e mostra a força do Sindicato que vai à luta, que foi buscar esse direito e garantir a vitória dos ex-becistas. Estamos comemorando a recuperação de valores para os bancários, que deveriam ter sido pagos há anos e não foram pelo BEC”, afirma Robério Ximenes, diretor do Sindicato e funcionário do Bradesco (ex-becista).