Sindicato informa mudança nas ações de Qualificação Social e Profissional

30

Por decisão do Ministério do Trabalho, a partir de 2006 as ações de Qualificação Social e Profissional serão integradas ao Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda (SPETR) e terão como público prioritário segmentos sociais vulneráveis economicamente.

Mesmo com a decisão do Ministério, o Sindicato continuará utilizando os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), agora direcionados exclusivamente para a classe trabalhadora em geral, sobretudo aqueles de maior fragilidade econômica e trabalhista.

Em 1998, o Sindicato dos Bancários do Ceará, através da sua Secretaria de Formação, executou pela primeira vez ações junto ao Plano Estadual de Qualificação do Estado do Ceará (PEQ/CE) voltadas para a realização de cursos que beneficiaram cerca de 300 bancários e até 2002 atendeu a um público de 1.700 pessoas na capital e interior.

Nos últimos três anos (2003, 2004 e 2005), já no âmbito do Plano Territorial de Qualificação (PLANTEQ/CE), foram beneficiadas uma média de 140,150 e 90 pessoas, nos municípios de Fortaleza e Região Metropolitana. Desde de 1999, os cursos de qualificação têm sido acompanhados pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e certificados como Cursos de Extensão Universitária.

É importante destacar que já a partir de 2003, o Sindicato dos Bancários vem direcionando um percentual de 20% das vagas para pessoas vulneráveis economicamente (jovens em busca do primeiro emprego, desempregados e profissionais que atuam no setor do cooperativismo e da economia solidária), confirmando o compromisso social de promover a qualificação social e profissional como entidade defensora dos trabalhadores em geral e o restante aos bancários ativos e aposentados.

Cursos de 2005 – Os certificados de 2005 já estão disponíveis na Secretaria de Formação no período da tarde, procurar Leirton Leite ou Erismar. Mais informações pelo telefone: (85) 3252 4266.