Sindicato lamenta falecimento do funcionário Jorge Costa

34


A violência, cada vez mais crescente em nosso país, fez mais uma vítima inocente. Jorge Costa Ferreira, carinhosamente chamado de Jorginho, funcionário do Sindicato dos Bancários do Ceará há mais de 15 anos, voltava para casa na quarta-feira, 19/7, depois de mais um dia de trabalho, juntamente com seus dois irmãos, quando foi vítima de um assalto e, numa brutalidade banal, perdeu a vida.


O assalto aconteceu no Centro de Fortaleza, quando três bandidos abordaram o carro onde eles estavam. A família não esboçou nenhum tipo de reação entregando todos os pertences, mas foram “confundidos com policiais”. Após levarem tudo, um dos assaltantes atirou na cabeça de Jorginho, que foi socorrido com vida e levado ao Instituto Dr. José Frota, onde lutou bravamente pela vida, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio a falecer no início da manhã seguinte, dia 20/7.


Completamente perplexos e abalados por tamanha violência que chegou à nossa porta, o Sindicato dos Bancários do Ceará suspendeu toda sua programação no restante da semana, funcionando em sistema de plantão: na quinta-feira, 20, haveria uma reunião com os funcionários do Bradesco para discutir o PDVE, adiada para a esta terça-feira, dia 25, às 19 horas, na sede do Sindicato. Também foi suspenso o Botequim dos Bancários, que estava marcado para sexta-feira, dia 21/7. Jorginho participou de todas as edições. Nova data será brevemente anunciada e divulgada em todos os meios de comunicação do Sindicato.


O Sindicato lamenta imensamente o falecimento prematuro de seu funcionário, ainda mais dessa forma tão violenta. Jorginho sempre foi um companheiro que vibrava no trabalho e contagiava a todos com sua alegria e carisma.


O momento é de pesar, de dor, de união e de indignação por tamanha violência a que estamos expostos.


Jorginho, Presente!