Sindicato mobiliza trabalhadores do BNB para a Campanha Salarial 2015

8


O Sindicato dos Bancários do Ceará está disponibilizando por e-mail, desde a última quinta-feira, 6/8, as cláusulas da pauta específica de reivindicação aprovada no XXI Congresso Nacional dos Funcionários do BNB, realizado em 24 e 25 de julho, na cidade de Recife.


São ao todo 77 cláusulas, doze a mais que na minuta aprovada no ano passado. Isso demonstra, na avaliação do coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, Tomaz de Aquino, maior envolvimento dos benebeanos que participaram com sugestões e propostas no período que precedeu a realização do Congresso.


Ao disponibilizar nos e-mails funcionais, de maneira sequenciada, até três cláusulas da minuta por dia, o Sindicato visa estimular o debate sobre as reivindicações nos ambientes de trabalho, preparando o funcionalismo do BNB para as mobilizações e, se precisar, greve.


Tomaz avalia que a campanha salarial dos bancários este ano será difícil, dada a conjuntura econômica que o País vivencia, com elevado índice de inflação e redução aos níveis de emprego. Entretanto, ressalta que, a despeito da propalada crise, o sistema financeiro nacional continua com lucros elevados, pois se beneficia da alta contínua da taxa Selic em razão de ser um dos principais credores da dívida do Governo.


Outra questão que irá influenciar na campanha específica no BNB diz respeito às ameaças de redução de repasses de recursos do FNE e também a estudos que sugerem a venda de 49% das ações do Banco para a iniciativa privada, querendo com isso o Governo elevar seu superávit primário.


“O SEEB/CE é veementemente contra essas duas medidas e outras quaisquer que venham enfraquecer o BNB. E conclama a todos para colocarem a defesa do Banco de Desenvolvimento na ordem do dia, incorporando ainda mais esse debate à campanha salarial, que se inicia oficialmente em 1º de setembro de 2015, data base da categoria bancária”
Tomaz de Aquino, diretor do SEEB/CE e coordenador da CNFBNB/Contraf-CUT